5 razões para não se preocupar com a queda do Bitcoin!

Banner Rotativo

Com mais pessoas entrando no mercado, o sentimento de medo, incerteza e dúvida têm um impacto maior na volatilidade dos preços. Os investidores novatos que pulam dentro e fora dos caprichos do hype de mídia social e, em seguida,vedem tudo por causa do pânico de perderem suas economias, causam o que aconteceu nos últimos dois dias. No entanto, olhando para os gráficos anteriores, este mergulho de janeiro não é nada novo.

Há uma série de razões pelas quais os mercados caem em janeiro, e muitos são originários da Ásia, onde a maior parte do comércio de cripto moedas ocorre. De acordo com a Coinmarketcap, que já não inclui as bolsas da Coreia do Sul, a capitalização de mercado total de todas as cripto moedas caiu de US$ 750 bilhões para US$ 420 bilhões em quatro dias. No momento da redação, eles já se recuperaram e estão demonstrando recuperação, atualmente sentados num total de US$ 575 bilhões.

FUD vs FOMO

Razão # 1: Muito do ímpeto variação do preço cripto vem da Ásia, onde as notícias não foram boa nas últimas semanas. A China está constantemente tentando anular toda a indústria, e a Coreia do Sul simplesmente não pode deixar a mente com o hype regulatório e a repressão do terrorismo emergindo quase semanalmente. O FUD*  é tão infeccioso quanto o FOMO*, e as vendas de pânico nos últimos dias enviaram todas as moedas para uma queda livre, com alguns perdendo até 40%.

Olhando em gráficos históricos de Bitcoin, revela que um “selloff” de janeiro aconteceu antes, várias vezes na verdade. Bitcoin é o “padrão-ouro” para o cripto, e muitos dos altcoins não existiam na época.

 

 

Catalisadores importantes

Razão # 2: Foi especulado que um fator que causa isso é o Ano Novo Lunar chinês, que geralmente cai em fevereiro. É uma época do ano em que as pessoas saem de férias do trabalho e viajam para visitar a família, e para isso, eles precisarão de fiat, não cripto. Uma vez que as nações da Ásia são responsáveis pela maior parte das cripto moedas, é lógico que isso possa contribuir com o “selloff” anual.

Razão # 3: Outro fator pode ser o fim do ano fiscal que se aproxima, onde os investidores estão planejando pagar seus impostos anuais. Mais uma vez isso deve ser feito em fiat, não em cripto moedas. Embora não seja o único catalisador, poderia ter alguma influência sobre a ação de preços.

Razão # 4: O final do primeiro contrato de futuros do Bitcoin também pode ter contribuído para que os investidores  baixassem o ativo. Uma vez que os grandes investidores, como o CBOE e o CME, se envolvem, os mercados menores podem ser manipulados pelos investidores institucionalizados, e poderemos ver mais dessa ação até que as coisas se estabilizem.

Razão # 5: À medida que mais investidores novos e inexperientes entrarem no mercado, essas oscilações do gráfico amplificarão. Somente quando eles percebem que este é um ciclo natural e a cripto não está morta, as coisas se estabelecerão um pouco. Uma vez que o investimento total no mercado em cripto moedas saltou mais de 2500% em menos de um ano, ainda estamos nos estágios iniciais.

 

*FUD – “fear, uncertainty and doubt” Traduzido – Medo, Incerteza e Dúvida

* FOMO – ‘fear of missing out’ – Traduzido – Medo de perder uma oportunidade. No mundo das criptos isso acontece quando o investidor vê o ativo que ele possui cair e outro que ele não tem subir, assim ele vende o que ele tem para “aproveitar” a subida do outro ativo.

Tagged

1 thought on “5 razões para não se preocupar com a queda do Bitcoin!

Deixe seu cometário